Especial 1º de Abril: Ronda Rousey anuncia aposentadoria no UFC, e irá ao Jogos Olímpicos Rio-2016 com o Judô Brasil

A maior campeã do UFC de todos os tempos, Ronda Rousey acaba de anunciar que o seu legado no UFC chegou ao fim.

Ronda anuncia a sua aposentadoria oficial no UFC em entrevista concedida diretamente de sua residência nos Estados Unidos, ao presidente do UFC Dana White, e declara que não haverá revanche contra a Holly Holm, na qual foi a sua única derrota dentro do UFC onde sua marca atingida é de 12 vitórias e apenas uma derrota.

Declarou Ronda que não precisa provar revanche alguma, pois é a maior campeã de todos os tempos dentro do UFC.

Diante dessa aposentadoria declarada, Ronda informa que irá assumir a direção da seleção brasileira de Judô, onde recebeu um convite oficial da CBJ (Confederação Brasileira de Judô), e se diz muito feliz e empolgada com esse convite.

Ronda irá assumir a Seleção Olímpica Brasileira de Judô já nessa edição dos Jogos Olímpicos Rio 2016, onde não vê a hora de voltar ao Rio de Janeiro.

Cidade na qual se apaixonou após nocautear a lutadora brasileira Bethe “Pitbull” Correia no UFC190.

Após a sua vitória, Ronda presenteou a instituição da Favela da Rocinha com o seu cinturão conquistado nessa vitória. Tal paixão declarada a cidade maravilhosa e ao esporte.

Ronda por ser a primeira atleta norte-americana a conquistar uma medalha olímpica no Judô feminino para os Estados Unidos (seu país de origem), aceitou o convite da CBJ, e estará nos Jogos Olímpicos Rio 2016 como a chefe e treinadora da delegação brasileira de Judô.

Ronda Rousey alegou também que após o término dos Jogos Olímpicos Rio-2016, ela passará a treinar no Rio de Janeiro na instituição da Rocinha, instituição não governamental criada pelo ex-judoca Flávio Canto na qual presenteou com o seu cinturão.

O seu namorado Travis, está a procura de uma casa na praia do Recreio para poder viver junto a sua namorada na cidade maravilhosa.